22 dezembro 2008


Livre para voar
Não como um avião
Mas como um pássaro
A subir
Percorrer nuvens
Contra o vento
Contra o Sol
Contra o sistema
.
Livre para voar
Não como um avião
Mas como uma espaçonave
A decolar
Percorrer galáxias
Contra o cosmo
Contra gravidade
Contra o sistema
.
Livre para voar
Não como avião
Pássaro, espaçonave...
Mas em mente
A desopilar
Percorrer Universos
Contra o que eu quiser
A favor de mim mesma
Simplismente viver.
.
Julia Melo

2 comentários:

“O sentimento de perda supera toda a raiva” disse...

Linda! E não é só a poesia não...

Àna disse...

Voe, suba alto, que nem o céu é seu limite, jujuba!
Beijoss